0 comentário(s)

[FIERN] Sistema FIERN prossegue com ações de apoio ao combate à pandemia

O Sistema FIERN prossegue com as ações de atendimento em plantão neste período no qual as atividades presenciais estão suspensas — em cumprimento ao decreto estadual que estendeu o isolamento social em função da pandemia do coronavírus e às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Com os cuidados das medidas de prevenção e respeito aos protocolos, há continuidade dos programas e serviços das instituições que integram o Sistema Indústria.

 

Entre os dias 11 e 15 de maio, foram produzidas 5.073 máscaras de tecidos e entregues 5.000 pelo SENAI-RN. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Estado começou no dia 7 de abril a produção de máscaras de tecido e tnt como mais uma ação da instituição para ajudar no combate ao coronavírus. Foram entregues, até sexta-feira (15), 17.500 máscaras. Além disso, a instituição fez a manutenção de 12 equipamentos, entre respiradores e desfibriladores, na semana, chegando a um total de 87 atendimentos nesta área.

 

Entre segunda (11) e sexta-feira (15), no Sistema FIERN, foram mais de vinte ações de assessoramento jurídico nas áreas de negociação trabalhista, orientações relacionadas com ações na Justiça do Trabalho e com normas do Ministério do Trabalho e Emprego. Desde o início do plantão, foram 114 ações de assessoramento jurídico. No mesmo período, houve prosseguimento do envio das comunicações com informações de interesse da indústria aos Sindicatos filiados à Federação, manutenção do diálogo com as demais entidades empresariais e a articulação com os órgãos governamentais.

 

Também teve continuidade a campanha “Sistema FIERN Solidário”, que arrecada recursos financeiros para doação a três instituições filantrópicas, sediadas em Natal: a Fundação Eurico Bergsten, a Casa Espírita Bom Samaritano e a Fraternidade Toca de Assis. Cada uma das instituições recebeu R$ 7.300,00. No âmbito da Saúde e Segurança na Indústria (SSI), foram feitos atendimentos, na semana, junto a 75 empresas e 94 pessoas, com 19 exames. Além disso, houve 85 atendimentos remotos e sete visitas técnicas, sempre cumprindo os protocolos de saúde e prevenção definidos pelas autoridades e OMS.

 

As aulas online nas escolas do SESI e SENAI prosseguem. No SESI, foram 480 videoaulas, para o ensino médio, na semana; 118, para o fundamental; com 3.495 atendimentos em plataformas digitais. No SENAI, foram 309 webinars, 907 matrículas em educação a distância, além das 1.230 videoaulas gravadas e enviadas.

 

No IEL-RN, neste período, foram 157 atendimentos de estágios e 23 novos compromissos de estágios emitidos. Além disso, 529 horas de consultorias empresarial foram efetivadas e registradas 408 participações em webinars.

 

Fonte: FIERN

0 comentário(s)

[Assembleia Legislativa do RN] CCJ APROVA PROJETOS EM BENEFÍCIO DA POPULAÇÃO IDOSA DO RN

O Rio Grande do Norte poderá ter, em breve, duas novas leis que ampliarão as garantias aos direitos dos idosos no Estado. Na tarde desta terça-feira (19), a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovou, através de reunião por videoconferência, parecer favorável à admissibilidade de duas propostas que tratam diretamente sobre o tema e, agora, poderão seguir para votação em plenário.

Entre as propostas analisadas durante a reunião da comissão, duas tratavam diretamente sobre a população idosa do Rio Grande do Norte. O primeiro projeto discutido foi um de autoria do deputado José Dias (PSDB), que foi relatado pela deputada Cristiane Dantas (SDD). A proposta visa garantir preferência no atendimento em serviços públicos e privados a pessoas que são cuidadoras de idosos e deficientes físicos.

Analisando o projeto, Cristiane Dantas explicou que leis federais já garantem a diversos segmentos da população a preferência no atendimento, mas que não há proibição constitucional para que os estados acrescentem grupos a serem beneficiados. A deputada votou pela admissibilidade à proposta, mas com um substitutivo base do texto a fim de garantir que a norma estivesse de acordo com o que determina a constituição.

Pela proposta que recebeu parecer favorável de todos os deputados da comissão, os cuidadores de idosos e de pessoas com deficiência terão atendimentos prioritários quando estiverem com essas pessoas. Caso a lei seja aprovada definitivamente em plenário, os órgãos públicos e privados serão obrigados a cumprir a determinação sob pena de multas a serem determinadas pelo Executivo, através de regulamentação.

Além dessa proposta, os deputados também aprovaram a criação da campanha de âmbito estadual “Idosos Órfãos de Filhos Vivos”, de autoria da deputada Eudiane Macedo (Republicanos). O foco da matéria é fazer a orientação sobre cuidados aos idosos no Rio Grande do Norte e consequências do abandono por parte dos familiares. A matéria foi relatada pelo deputado Raimundo Fernandes (PSDB) e recebeu elogios dos demais parlamentares, que enalteceram a iniciativa da parlamentar.

“Com certeza, é uma matéria de suma importância, por isso parabenizamos a deputada pela proposta”, disse o presidente da CCJ, deputado Kleber Rodrigues (PL).

Ao todo, os deputados aprovaram 12 das 13 propostas apresentadas durante o debate, entre reconhecimentos de utilidade pública; mudança de nomes de trecho de rodovia estadual entre Passa e Fica e Monte das Gameleiras; criação de cartilha para prevenção a crimes contra jovens na internet; criação de cadastro para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA); participação de psicólogos nas redes de ensino fundamental e médio no Estado; e inclusão de evento alusivo ao Natal, em Monte Alegre, em calendário cultural de eventos no Rio Grande do Norte.

Participaram da reunião os deputados Kleber Rodrigues, Cristiane Dantas, Raimundo Fernandes, Francisco do PT, Hermano Morais (PSB) e George Soares (PL).

Fonte: Assembleia Legislativa do RN

0 comentário(s)

[PARNAMIRIM] Dois meses de isolamento social: Como o município tem trabalhado para combater o Coronavírus

Após dois meses da adoção de medidas de combate ao novo Coronavírus, causador da Covid-19, a Prefeitura de Parnamirim segue intensificando as ações para conter a disseminação da doença. Um decreto municipal, publicado no dia 18 de março, foi o ponto de partida para uma série de ações que visam reduzir ao máximo o impacto da pandemia no município.

Desde o primeiro caso de Covid-19, confirmado no dia 13 de março, o município totaliza, até o momento, 289 casos confirmados, 9 óbitos, 104 pessoas curadas, 532 casos em investigação e 835 descartados.

Relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesad) evidencia que, entre as medidas adotadas, para contenção da pandemia, Parnamirim, segundo estudos realizados, apresentou o maior índice de isolamento social (49,2%) entre os municípios pesquisados no RN.

Além disso, a Prefeitura investiu na estruturação da rede municipal de saúde, melhorando a estrutura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança, implantando novos leitos de UTI no hospital maternidade, criando leitos de retaguarda no Hospital de Pequeno Porte Márcio Marinho e implantando um hospital de campanha, que deve começar a funcionar na próxima semana.

Com relação ao monitoramento do avanço da doença, a Vigilância em Saúde vem orientando a população quanto a identificação, notificação e investigação dos casos suspeitos, através da divulgação de boletins diários.

A Atenção Primária vem assumindo o papel resolutivo frente aos casos leves e de identificação precoce e encaminhamento rápido e correto dos casos graves. Somente os casos com maior gravidade, que necessitem de internação hospitalar, são referenciados para estabelecimentos de saúde especializados.

Outra medida adotada foi a Implantação de Central de Atendimento Remoto com a finalidade de esclarecer a população e realizar atendimento médico à distância, visando reduzir o risco de superlotação dos serviços de saúde.

Somado a isso, foi feita a adaptação das Unidades Básicas, 29 no total, para o atendimento precoce, rápido e seguro de todos os casos suspeitos de Síndrome Gripal, com a instalação de sala separada visando o isolamento respiratório, mantida com a porta fechada, janelas abertas e ar-condicionado desligado.

Além disso, o município conta com quatro postos de coleta para testes da Covid-19. Além da UBS Suzete Cavalcanti, a coleta também é feita no Laboratório Central de Parnamirim, no Centro da cidade, na Unidade de Proto-Atendimento (UPA), de Nova Esperança e no Hospital Márcio Marinho, em Pirangi.

Para a secretária de saúde Terezinha Rego, todas essas ações têm trazido grandes frutos, levando em consideração, principalmente, o número de pacientes curados, que tem crescido a cada dia.

Segundo a titular da pasta, apesar da crise, Parnamirim tem colhido resultados. “Ainda resta muita coisa a fazer, mas estamos trabalhando em todas as frentes, como é o caso da vigilância epidemiológica, quem vem fazendo um importante trabalho com a investigação e monitoramento diário dos casos”, frisou.

Fonte: Prefeitura de Parnamirim

0 comentário(s)

As Ações de Parnamirim no Combate ao Covid-19

Fala, Cidadão!

A Secretaria de Saúde de Parnamirim, Terezinha Rego, faz um balanço das ações no município de Parnamirim neste momento de pandemia. Venha conferir!

0 comentário(s)

[CMN] Coronavírus: Comissão debate sobre reajuste para abrigos de idosos em Natal

A situação financeira dos abrigos de idosos de Natal, que são caracterizados como instituições de longa permanência, foi o tema central da reunião da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Natal nesta segunda-feira (18). A temática vem à tona devido ao aumento dos gastos com as pessoas idosas em período de pandemia do novo coronavírus.

Na ocasião, representantes das Secretarias Municipais de Saúde e Assistência Social participaram, virtualmente, do debate e explicaram as políticas públicas destinadas a esta população. O grupo também escutou sobre as necessidades mais urgentes relatadas por André Arruda, presidente do Conselho Municipal do Idoso. A titular da Secretaria de Trabalho e Assistência Social de Natal (Semtas), Andréia Dias, adiantou que já foi realizada uma proposta de reajuste de 20% referente à quantia atual paga pelo município às instituições, que gira em torno de R$ 650,00 por idoso. “Nós parlamentares solicitamos ao Conselho Municipal o impacto financeiro desta oferta. Quantos por cento esse valor vai trazer de benefício tanto de forma individual, quanto coletiva. Com essa planilha financeira em mãos, vamos dar encaminhamento e ver com a Secretaria de Administração as possibilidades de pagamentos”, esclareceu a vereadora Carla Dickson (PROS), vice-presidente da Comissão.

Comissão Especial Covid-19

A secretária da Semtas também participou, remotamente, da Comissão Especial de Fiscalização dos Atos do Poder Executivo de Enfrentamento à Pandemia causada pelo coronavírus (COVID-19). Andréia Dias trouxe explicações sobre distribuição de cestas básicas e atividades da pasta no combate à pandemia de Coronavírus para pessoas em situação de vulnerabilidade social.
“A gente quer que acabe o mais rápido possível para vencermos essa batalha. Mas tranquilizamos a população informando que nossas ações estarão nas ruas enquanto houver pandemia. As pessoas serão contempladas, seja com a entrega de cestas básicas, distribuição de máscaras, e pessoas em situação de rua também. Estamos ampliando novos abrigos, de acordo com a demanda, e trabalhando para que todos estejam amparados durante a pandemia do coronavírus”, disse.

Durante a reunião, os vereadores membros da Comissão Especial decidiram convidar a secretária de Educação de Natal, Cristina Diniz, para tratar sobre a distribuição das cestas básicas entregues aos alunos da rede pública de ensino como forma emergencial durante o afastamento escolar causado pela Covid-19. Até o dia 13 de maio, a Secretaria já tinha distribuído mais de 45 mil cestas, dentro do total de quase 58 mil alunos matriculados.

Fonte: Câmara Municipal de Natal

0 comentário(s)

[FIERN] Sistema FIERN, através do SESI, entrega 30 mil máscaras para sindicados filiados

A Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), através do SESI, realizou esta semana a entrega de 30 mil máscaras de proteção contra a Covid-19 para os 30 sindicatos filiados que serão destinadas a trabalhadores da indústria.

 

De acordo com o gerente da Unidade de Relações com o Mercado, Erick Couto, a doação prevê que as empresas associadas aos sindicatos recebam pelo menos duas máscaras por trabalhador visando a proteção de todos no ambiente de trabalho.

 

Foram entregues 26.600 máscaras para os sindicatos de Natal e Grande Natal, 3.400 máscara para sindicatos da cidade de Mossoró/RN, e 1 mil máscaras para sindicato do município de Caicó/RN.

 

A iniciativa é parte das ações do Sistema FIERN em combate ao coronavírus durante a situação de pandemia, como apoio às empresas, gestores e trabalhadores.

 

De acordo com o gerente, a FIERN tem trabalhado na luta contra a pandemia do novo coronavírus que já provocou impactos na econômica global, com a parada ou desaceleração súbita de muitas atividades. “No Brasil, e no RN a indústria é um dos setores a enfrentar situação mais crítica”, afirma.

 

USO DE MÁSCARA

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou no início de abril um guia atualizado com orientações sobre a utilização de máscaras no contexto da Covid-19, inclusive para países, cidades e territórios têm decretos para o uso obrigatório de máscaras por toda população. Na cidade de Natal e no Estado do Rio Grande do Norte o uso de máscaras também é obrigatório.

 

Fonte: FIERN