0 comentário(s)

[CMN] Comissão vota para que elevadores tenham sinais sonoros para deficientes visuais

Os vereadores da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal, se reuniram nesta segunda-feira (12) e aprovaram, entre os diversos projetos apreciados, um que obriga a instalação de sinalização sonora nos elevadores dos prédios, informando o andar no qual se encontra o mesmo.

O autor do Projeto de Lei 23/2019, vereador Preto Aquino (PSD), destacou que estão incluídos elevadores de prédios comercias, residenciais e mistos para assegurar independência e segurança aos deficientes visuais. “Todo projeto que trata da segurança ja é relevante, ainda mais quando se refere à pessoa com deficiência”, ressaltou.

A matéria recebeu emenda do vereador e presidente da Casa, Paulinho Freire (PDT), esclarecendo que o projeto refere-se à novos elevadores, instalados após a publicação da lei. “A emenda de Paulinho veio para dar viabilidade ao projeto porque também se estende àqueles já instalados e que tenham tecnologia compatível para a instalação”, pontuou a vereadora Nina Souza (PDT), líder da bancada governista.

A comissão apreciou, ainda, vetos do Executivo Municipal aos projetos do ex-vereador Cícero Martins, que trata sobre os cuidados no uso de caçambas estáticas coletoras de entulho; e do vereador Felipe Alves (PDT), que dispõe sobre o programa de combate a pichações e depredações. Os vetos foram mantidos. Já o que se refere ao Projeto de Lei nº 144/2020, de autoria do vereador Robson Carvalho (PDT), foi rejeitado. “É um projeto que garante acompanhamento psicológico aos profissionais de saúde. Vai ao encontro de um outro projeto de nossa autoria que busca disponibilizar o mesmo atendimento para familiares e pacientes da doença”, destacou o vereador Klaus Araújo (SDD).

Em pauta, outras propostas receberam pareceres favoráveis da comissão. Como o Projeto de Lei nº 146/19, da vereadora Júlia Arruda (PC do B), que reconhece o Beco da Lama como Patrimônio Cultural; e o de nº 02/2021, da vereadora Ana Paula (PL), para a construção e a reforma de moradias para a população de baixa renda.

“O trabalho da comissão tem sido cada vez mais produtivo. Além do que apreciamos nas reuniões, temos projetos relacionados ao enfrentamento da pandemia da covid-19, que chegam em regime de urgência e são analisados em plenário. Em todos os casos, há o olhar técnico para que não haja intervenção posterior no sentido de questionar a legalidade e constitucionalidade do que aprovamos”, ressaltou o vereador Kleber Fernandes (PSDB). A vereadora Camila Araújo (PSD) e o vereador Aldo Clemente (PDT) também participaram da reunião.

 

Fonte: Câmara Municipal de Natal

0 comentário(s)

SICOOB RIO GRANDE DO NORTE CRESCE 33% EM UM ANO E SUPERA OS R$ 230 MILHÕES EM ATIVOS

O Sicoob Rio Grande do Norte encerrou o ano de 2020 com ativos na ordem de R$ 230 milhões. O montante é 33% superior aos números de 2019. Em valores absolutos, o resultado é um dos melhores da cooperativa desde sua fundação há duas décadas atrás.

O balanço financeiro de 2020 foi apresentado nesta quinta-feira (08), na Assembleia Geral Ordinária (AGO) da cooperativa. O evento aconteceu de forma online, pelo aplicativo Sicoob Moob. Na assembleia, além de acompanharem a prestação de contas, os cooperados também elegeram os novos membros dos conselhos Administrativo e Fiscal.

Em 2020, O Sicoob Rio Grande do Norte mostrou crescimento expressivo no volume de depósitos, atingindo a marca de R$ 114 milhões – uma expansão de 54% em relação ao ano anterior. Já na carteira de crédito, o aumento foi de 35%, totalizando R$ 174 milhões.

O resultado bruto do ano passado foi de R$ 5,2 milhões. Desse valor, R$ 2,9 milhões foram registrados como sobras e serão distribuídos entre os associados. Também em 2020, o Sicoob Rio Grande do Norte chegou ao contingente de 8.797 cooperados, um aumento de 14% no comparativo com o ano anterior.

Segundo o presidente da cooperativa, Manoel Santa Rosa, o resultado de 2020 é consequência da maior aproximação da entidade junto aos associados, buscando entender suas demandas, sobretudo no período da pandemia, para oferecer serviços financeiros com melhores condições de adesão.

“O resultado, num cenário de pandemia, é significativo. Mostra que agimos certo em apostar nos cooperados, reduzindo sensivelmente a taxa de juros, atendendo a um chamado do segmento empresarial”, comenta Manoel, destacando também que o crescimento do Sicoob Rio Grande do Norte é alicerçado em bases firmes. “Nossos ativos melhoraram em mais de 30%, atingindo a marca de R$ 230 milhões. Esse valor mostra o quanto estamos evoluindo e nos dá forças para enfrentar não só a concorrência, como os períodos de crise na economia”.

Gerente Regional do Sicoob Rio Grande do Norte, Thiago Pegado chama a atenção para outros dados importantes. “Com o objetivo de estar cada vez mais próximo dos associados, dobramos o número de agências. Também triplicamos a concessão de empréstimo para pessoas jurídicas. Além disso, tivemos recorde de aplicação financeira”, detalha Thiago.

CONSELHO ADMINISTRATIVO É ELEITO PARA MAIS UM TRIÊNIO
Durante a Assembleia Geral Ordinária, os associados também elegeram os membros dos conselhos Administrativo e Fiscal do Sicoob Rio Grande do Norte. Para o Conselho Administrativo, houve consenso em torno de uma chapa única, encabeçada pelo atual presidente, Manoel Santa Rosa, e a vice-presidente, Luzia Diva Cunha Branca.

De acordo com Thiago Pegado, a união em torno de uma chapa única mostra a confiança no trabalho que tem sido feito, e que há sintonia na equipe. Quanto à eleição dos novos conselheiros fiscais (três efetivos e três suplentes), o gerente regional atentou para o maior número de candidatos. “Tivemos dez candidaturas, um número maior que o de outros anos, o que mostra que a comunidade está mais engajada”, avalia Thiago.

MAIS AGÊNCIAS NA GRANDE NATAL E CHEGADA NO INTERIOR
Para o ano de 2021, o Sicoob Rio Grande do Norte pretende manter os índices de crescimento, seja fazendo com que a cooperativa se torne a principal instituição financeira dos associados, ou conquistando novos públicos. Segundo Manoel Santa Rosa, as novas agências da Cidade Alta e do Centro de Parnamirim vão nesse sentido.

“Precisávamos melhorar as condições de atendimento em Parnamirim, por isso, além da agência no bairro de Nova Parnamirim, inauguramos a agência do Centro, oferecendo mais conforto e comodidade para os nossos associados daquela área”, explica o presidente da cooperativa. “Quanto à agência da Cidade Alta, a intenção foi ficar mais próximo dos servidores do IFRN e dos hospitais, além de entrarmos na rota de outros públicos”.

Manoel Santa Rosa também adianta uma nova agência em Natal, no cruzamento da avenida Bernardo Vieira com a Prudente de Morais. Outra novidade é a chegada em municípios em que o Sicoob Rio Grande do Norte ainda não opera. “Estamos com tratativas em Macaíba, Ceará-Mirim e São Gonçalo do Amarante. Isso na Região Metropolitana de Natal, porque também temos conversas em São José do Campestre para levar a cooperativa para o interior”, anuncia o presidente.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação