• 0Comentários

    Correios farão selo comemorativo dos 70 anos da reabertura da Câmara Municipal

    Foto: reprodução

    O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Raniere Barbosa, e o superintendente dos Correios no Rio Grande do Norte, Rodrigo do Patrocínio Medeiros, se reuniram na tarde desta terça-feira (15), para discutir a criação de um selo comemorativo aos 70 anos de reabertura da Casa do Povo.

     

    A Câmara Municipal foi fundada ainda no período colonial, em 1611, sob o nome de Senado da Câmara, instaurada por decreto do governador-geral do Brasil, Diego Meneses, e estabelecida na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, atualmente localizada no bairro Cidade Alta. A instituição passou a se chamar Câmara Municipal somente em 1823, após a independência e a elaboração da primeira Constituição brasileira. Porém, com a Revolução de 1930, o Parlamento terminou sendo dissolvido e só voltou a ser reaberto em 1948, já no período do Estado Novo. Agora, em 2018, a Câmara comemora exatamente os 70 anos da redemocratização do legislativo municipal.

     

    O superintendente dos Correios contou que uma das missões da empresa pública é exatamente registrar momentos históricos do país e externou a satisfação em poder fazer parte das comemorações.

     

    "Para os Correios é uma honra poder registrar, no selo postal, essa data tão importante para o povo de Natal e do Rio Grande do Norte. A Câmara é a Casa do Povo, é o símbolo da democracia. O seu fechamento representou um atraso. A reabertura em 1948 é um fato que deve ser comemorado e 70 anos é uma marca história. O Correio tem como uma de suas missões registrar os fatos históricos e culturais do povo brasileiro. A marca da Câmara vai rodar todo o Brasil registrando esse momento. Para nós é uma enorme satisfação", expôs.

     

    Para o presidente Raniere Barbosa, além do registro histórico, o selo também simboliza o fortalecimento institucional entre a Câmara e os Correios. Ele destacou que a comemoração acontece exatamente em um ano eleitoral, o que reforça ainda mais a importância da chamada redemocratização do legislativo. "É extremamente importante para relação institucional entre a Câmara Municipal e os Correios esse selo em uma data tão importante para o povo de Natal. É uma data histórica que colocamos como a redemocratização do Poder Legislativo municipal. Em 5 de junho de 48 a Câmara era reaberta pelo Estado Novo após mais de 10 anos fechada. Vamos poder, em um ano leitoral, comemorar essa celebração da reabertura do Poder Legislativo em Natal", disse.

     

    Também participaram da reunião o diretor-geral Francisco Dagmar Fernandes e o cerimonialista João Batista. A Câmara e os Correios ainda manterão diálogos para superar todas as etapas burocráticas para a produção do selo.

     

    Texto: Marcius Valerius Fotos: Verônica Macedo

     

    Fonte: CMNAT 

Comentários

Deixe seu comentário

  • Marque para poder comentar: