• 0Comentários

    (N)ATIVIDADE: O novo canal do esporte amador são-gonçalense

    Foto: reprodução

    A prefeitura municipal de São Gonçalo do Amarante através da Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos (SECOM) em parceria com a Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (SEMJEL) apresenta à população mais um programa que irá apresentar ao são-gonçalense todas as atividades esportivas realizadas no municipio.

     

    Uma série de matérias irá apresentar os esportes que são praticados em diversos locais da cidade. O título da série é (N)ATIVIDADE e vai contar um pouco sobre o universo acolhedor do esporte amador, além de trazer alguns personagens e suas histórias com as mais diversas modalidades. Para iniciar, a prefeitura fala sobre a patinação sobre rodas.

     

    A história do patins começa por volta de 1970 com o belga Joseph Merlin, que desejava ter para si um par de patins semelhante aos que eram utilizados no gelo, mas que pudesse ser aproveitado em pistas e parques. Apesar dos muitos imprevistos e da dificuldade de aceitação inicial, a ideia de Joseph foi se aperfeiçoando ao longo dos anos e hoje em dia leva muita diversão e lazer a todos aqueles que praticam a patinação.

     

    Em São Gonçalo, uma turma se reúne no bairro Jardins com o apoio do projeto chamado “Associação caminhando para o bem”, que está inserido no Programa Comunidade Esportiva, da SEMJEL. “O programa apoia cerca de onze projetos, distribuindo materiais esportivos para crianças carentes. Além disso, a Semjel apoia, com premiações e apoio logístico, diversos campeonatos durante todo ano no município”, lembra Rayane Rocha, Coordenadora de esportes da secretaria.

     

    Os treinos ocorrem todos os dias, das 20 às 22:30hs, na quadra do bairro e qualquer pessoa pode chegar e participar. Arilane Mikaele, musa do esporte são-gonçalense, destaca a importância do esporte no bairro. “Faço porque amo e procuro sempre incentivar a prática da modalidade. Além de levar diversão as pessoas, a patinação evita que os jovens se entreguem ao ócio, podendo ir para um caminho que não seja legal para eles”

     

    Fonte: Prefeitura de São Gonçalo do Amarante 

     

Comentários

Deixe seu comentário

  • Marque para poder comentar: