• 0Comentários

    Comissão cobrará informações sobre falta de insumos nas unidades de saúde

    Foto: reprodução

    Dentro da agenda de fiscalizações, a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Natal realizou uma visita à Unidade Básica de Saúde Felipe Camarão II na tarde desta segunda-feira (2) e constatou diversas irregularidades. Diante da necessidade de esclarecimentos, o grupo convocará a secretária Maria da Saudade Azevedo, titular da pasta da Saúde (SMS).

     

    O vereador Fernando Lucena, presidente da Comissão, disse que problemas recorrentes como a falta de insumos registradas em outras unidades se repetiram também na da Zona Oeste visitada ontem. "Nós estamos convocando a secretária de Saúde não só em relação a Felipe Camarão, mas também de toda a Natal como o caso dos insumos. Quando tem a insulina não tem siringa, quando tem siringa não tem insulina, faltam insumos. Como vai atender a população desse jeito?", indagou.

     

    O parlamentar lembrou que a Prefeitura do Natal recebe recurso federais para atender, com insulina às pessoas que possuem diabetes. "É preciso que se tome uma posição e nós vamos cobrar isso da secretária", completou.

     

    Ainda dentro da visita, o vereador disse que outros problemas que vão de encontro às recomendações da Organização Mundial de Saúde também foram encontrados como o alto risco de contaminação por falta de pias para higiene das mãos. Ele culpa a Prefeitura. "Como um médico vai atender um paciente sem lavar as mãos? O risco de contaminação é grande. Isso é a pressa do interesse em inaugurar as obras para dizer que é um bom prefeito, mas que deixa a população nessa situação. O prefeito não se preocupa com a cidade", criticou.

     

    Também participaram da visita dos vereadores Franklin Capistrano, Carla Dickson e Preto Aquino, que integram a comissão.

     

    Consultórios odontológicos

    Os consultórios odontológicos foram inaugurados no final do ano passado, mas eles ainda não entraram em funcionamento também por falta de materiais. "É uma unidade de saúde recém-inaugurada com quatro consultórios odontológicos com todos os equipamentos novos e encaixotados desde dezembro, porém sem serem utilizados. Quantas pessoas não estão sendo prejudicadas? Todos os materiais odontológicos estão faltando na rede municipal de saúde. Nós estamos no século 19 extraindo dentes das pessoas porque falta de tudo", desabafou.

     

    Fonte: CMNAT 

Comentários

Deixe seu comentário

  • Marque para poder comentar: