• 0Comentários

    IEL e CNPq lançam programa de intercâmbio da indústria com parceiros internacionais

    Foto: reprodução

    Voltado para a interação entre a indústria nacional e centros de conhecimento internacionais, o recém-criado Programa Inova Global está com inscrições abertas para empresas interessadas em fomentar projetos de pesquisa tanto no exterior, quanto no Brasil, por meio do intercâmbio de pesquisadores-bolsistas.

     

    O prazo termina no dia 30 de agosto. A iniciativa foi idealizada pela Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) e será conduzida em uma parceria entre o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e o Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

     

    O programa tem como origem a agenda de “Inserção global via inovação” e busca o fortalecimento de arranjos na área de ciência, tecnologia e inovação, além da capacitação de talentos inovadores.

     

    De acordo com a superintendente Nacional do IEL e diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Gianna Sagazio, o Inova Global irá conectar a indústria brasileira a parceiros internacionais de referência em inovação. “O Inova Global vai promover a troca de experiência com instituições de referência em inovação. A nossa ideia é auxiliar a indústria brasileira na construção de conhecimento aplicável e na consolidação de parcerias internacionais”, detalha Gianna.

     

    “Os intercâmbios viabilizarão transferência de conhecimento e habilidades entre institutos de tecnologia no exterior, empresas de classe mundial e a indústria que atua no Brasil”, acrescenta a superintendente do IEL.

     

    Os formulários para as propostas de participação estão disponíveis desde o último dia 24. Todas as orientações, sugestões e demais questões referentes ao programa devem ser encaminhadas ao IEL, pelo site www.programainovaglobal.com.br.

     

    BENEFÍCIOS – Entre os benefícios do Inova Global estão o acesso à rede de parceiros internacionais; custo competitivo para a execução de projetos de inovação; segurança jurídica para enviar e receber pesquisadores; monitoramento dos intercâmbios; e avaliação de resultados.

     

    Para participar, a empresa precisa apresentar um projeto de inovação, prevendo a viagem de um bolsista para intercâmbio em outra empresa ou o recebimento de um pesquisador estrangeiro. Durante todo o processo, a empresa receberá o apoio do IEL, desde a escolha do bolsista até a execução do plano de trabalho.

     

    Já o pesquisador selecionado deverá elaborar um plano de trabalho com as instituições participantes e conduzir as atividades de pesquisa e desenvolvimento do projeto de inovação.

     

    As despesas do intercâmbio serão custeadas por meio de uma bolsa subsidiada pelo CNPq que inclui mensalidade, passagens aéreas, auxílio instalação e seguro saúde.

     

    # PASSO A PASSO

    1. Inscrição
    – Submeta o projeto de inovação e aguarde análise do CNPq quanto ao enquadramento.

    2. Deu match!
    O IEL te ajuda a identificar e negociar termos do intercâmbio com o parceiro internacional.

    3. Formação de time –
    É hora de constituir a equipe de pesquisa, que inclui o bolsista, um tutor brasileiro e um tutor estrangeiro.

    4. Formalização
    – Elabore o plano de intercâmbio e as regras de propriedade intelectual. Nesta etapa, a empresa deve transferir para o IEL os recursos para bolsa, auxílios e pacote de serviços.

    5. Mãos à obra –
    Enquanto o intercâmbio está em andamento, o tutor designado pela instituição receberá o apoio do IEL para acompanhar a execução.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Empresários e colaboradores recebem capacitação para a Liquida Natal

    Foto: reprodução

    Os lojistas e colaboradores que aderiram à Liquida Natal deste ano participaram, nesta quinta-feira, 09, do primeiro workshop de capacitação, que será concluída ao longo deste mês. Nas próximas semanas serão mais três edições dos workshops, sendo os dois próximos no auditório do IFRN e, o último, no auditório da Escola de Governo, no Centro Administrativo. O período da campanha deve ser anunciado pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojista) até o fim de agosto.

     

    A Liquida Natal — que tem apoio do Sistema FIERN — oferece treinamento para os profissionais de vendas das empesas que participam desta campanha promocional de incentivo à economia da cidade. De acordo com o presidente da CDL Natal, Augusto Vaz, a iniciativa cumpre dois papéis importantes: Contribuir para a melhoria da prestação de serviço do comércio e o aumento nas vendas.

     

    “Nossa campanha foi criada para movimentar as atividades do setor em um período, antes, considerado ruim de vendas. Hoje já conseguimos reverter. A Liquida Natal é considerada a segunda melhor data em vendas do comércio de Natal. Em relação aos treinamentos, capacitação sempre agrega e, claro, têm resultados positivos”, afirmou.

     

    O Sistema FIERN foi representado, no primeiro workshop, pela superintendente regional do IEL-RN, Maria Angélica Teixeira. A próxima edição da capacitação será na quinta-feira (16), com uma palestra de Kiko Kislanski sobre “Vendas com Significado”.

     

    Confira a íntegra da programação dos workshops e os palestrantes

     

    1º WORKSHOP

    Palestrante: Fred Alecrim

    Tema: 4 passos para vender mais e melhor

    Realizado no dia 09/08/2018

     

    2º WORKSHOP

    Palestrante: Kiko Kislanski

    Tema: Vendas com Significado

    Dia: 16/08

    Hora: 18h30min.

    Local: IFRN Central

     

    3º WORKSHOP

    Palestrante: João Kepler

    Tema: Protagonismo, Empreendedorismo, Inovação, Liderança e Foco.

    Dia: 23/08

    Hora: 18h30min.

    Local: IFRN Central

     

    4º WORKSHOP

    Palestrante: Os Melhores do Mundo

    Tema: O Melhor Negócio do Mundo

    Dia: 30/08

    Hora: 18h30min.

    Local: Auditório da Escola de Governo

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    FIERN, SEBRAE e Redepetro discutem agenda para o setor petrolífero do estado

    Foto: reprodução

    A retomada de investimentos e restruturação do setor petrolífero do Estado foi o tema principal de reunião entre a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-RN) e a Redepetro-RN, realizada nesta quarta-feira (8). O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, recebeu o superintendente do SEBRAE-RN, Zeca Melo, gestores e membros da Redepetro-RN e do Comitê Gestor, na Casa da Indústria.

     

    O setor de petróleo e gás é um dos mais expressivos para a economia do Rio Grande do Norte e responde por 13% do PIB do Estado. Nos últimos anos, a cadeia produtiva do petróleo vem sofrendo com a retirada de investimentos e venda de ativos da Petrobras. Durante o encontro, a Redepetro apresentou uma radiografia das potencialidades e reflexos econômicos da indústria do petróleo. A entidade reúne no Estado empresas de todos os portes, fornecedoras de bens e serviços para a cadeia produtiva de petróleo, gás natural e energia.

     

    O presidente Amaro Sales destacou que a indústria do petróleo está contemplada na agenda estratégica para o desenvolvimento do Estado, planejada para os próximos 20 anos, o programa MAIS RN. O estudo está em fase de revisão, será lançado dia 16 de agosto, na Casa da Indústria, e adicionará propostas do setor produtivo e atualizará dados e análises comparativos.

     

    O setor de petróleo e gás, frisa Amaro Sales, é de extrema importância para o RN, devido sua empregabilidade, participação no PIB e vem sentindo os reflexos da crise da Petrobras, com a redução de investimentos. “Esta reunião é para que a FIERN possa, junto com os representantes do petróleo e gás do estado, apoiar e construir uma agenda de ações estratégicas para o setor”, enfatiza o presidente da FIERN.

     

    O superintendente do Sebrae-RN, Zeca Melo, defende que a retirada dos investimentos da Petrobras deve ser vista como oportunidade para as pequenas empresas que já atuam no setor, possam se organizar para assumir a exploração de poços maduros. “A classe empresarial do RN precisa ter participação ativa na construção de alternativas para a retomada desta atividade, construir um modelo de negócio que a iniciativa privada tenha protagonismo”, disse.

     

    Para o dirigente da Redepetro-RN, Gutemberg Dias, o encontro é uma oportunidade de dialogar com a Federação das Indústrias sobre a necessidade da retomada dos investimentos. Ele considera fundamental a participação da Federação na discussão do tema junto ao setor produtivo e instituições governamentais, pelo potencial aglutinador da FIERN junto a classe empresarial, bem como apoio na participação de feiras e na realização da edição 2018 do Fórum de Petróleo de Mossoró.

     

    Participaram também da reunião o diretor vice-presidente da FIERN, Francisco Vilmar Pereira, o secretário executivo da Redepetro-RN, Emery Costa Júnior, os membros do comitê gestor/Empresário da Redepetro-RN, Jevânia Souza, José Nilo, Paulo Coelho e Francisco Barreto, o superintendente de relações institucionais do Sistema FIERN, Hélder Maranhão; o superintendente jurídico da FIERN, Davis Costa. Do Sebrae-RN, estavam presentes o diretor de operações, Eduardo Viana, a gerente da Unidade de Indústria, Lorena Roosevelt, e o gestor de Projetos de Petróleo e Gás, Robson Matos.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Boi Calemba Pintadinho de São Gonçalo do Amarante participa de Festival Folclórico em SP

    Foto: reprodução

    Nesta quinta-feira (09), o Boi Calemba Pintadinho do Mestre Dedé Veríssimo, uma das mais importantes manifestações culturais do Rio Grande do Norte, estará representando a cidade de São Gonçalo do Amarante no Festival do Folclore (Fefol) de Olímpia (São Paulo), um dos festivais mais tradicionais do Brasil.

     

    A participação do Boi Calembra Pintadinho é um importante intercâmbio cultural, que leva a cultura são-gonçalense para todo país. O grupo é apoiado pela Fundação Cultural Dona Militana, por meio da Fundo Municipal de Cultura.

     

    O Boi Calemba Pintadinho realiza um trabalho de valorização e resgate da cultura popular no município, onde as crianças e jovens recebem ensinamentos culturais da cidade que é berço da cultura popular do Rio Grande do Norte. Em 2011, o grupo participou pela primeira vez do Fefol e emocionou os presentes com as danças, sons e cores do Boi de Reis.

     

    Amanhã, a partir das 19h45, acontece a primeira apresentação do grupo de São Gonçalo do Amarante no palco principal, com transmissão ao vivo no facebook do evento. Além disso, outras apresentações devem ocorrer ao longo do festival.

     

    Você pode conferir toda a programação através do link do festival (https://bit.ly/2KC2Hmw).

     

    Fonte: Prefeitura de São Gonçalo do Amarante 

    0Comentários

    IEL-RN realiza curso para empresas sobre o sistema de informações eSocial

    Foto: reprodução

    O Instituto Euvaldo Lodi (IEL–RN) realizou nesta terça-feira (7), na Casa da Indústria, o curso “Capacitação Empresarial em eSocial e EFD/FEINF”, ministrado pela contadora e membro da comissão de compliance da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN), Lieda Amaral.

     

    Entre as empresas participantes da palestra está a Rede Tropical, da área da comunicação televisiva, que enviou funcionárias para o curso. “Considero muito importante participar desse curso sobre o eSocial, este é um sistema cheio de detalhes, sendo muito necessário o curso que nos acrescenta conhecimento”, disse Elaine Guedes, assistente administrativa da empresa.

     

    De acordo com Lieda Amaral, o eSocial veio para unificar a prestação da informação referente à escrituração. “Unifica tudo sobre obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas”, explicou a consultora, que fez questão de enfatizar no curso, que o novo sistema muda o processo de trabalho e a dinâmica de produção da informação.

     

    Criado em 2013, o eSocial é um sistema de dados que unifica a prestação, por parte do empregador, de informações relativas aos empregados. Dados como o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), a Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia e de Informações à Previdência Social (GFIP) e informações pedidas pela Receita Federal são enviados em um único ambiente ao governo federal.

     

    NOVAS TURMAS – Estão abertas as inscrições para novas turmas deste mesmo curso nas cidade de Natal e Mossoró, confira as datas e horários:

     

    EM MOSSORÓ

    Data: 25 de agosto de 2018
    Carga Horária: 8 horas
    Horário: 08:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00.
    Local: SENAI – Mossoró

     

    EM NATAL

    Data: 04 de setembro de 2018
    Carga Horária: 8 horas
    Horário: 08:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00.
    Local: Casa da Industria

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Estudo do SENAI aponta algumas das ocupações que devem surgir até 2028

    Foto: reprodução

    O mercado de trabalho vai se transformar diante da 4ª Revolução Industrial. Nos próximos 5 a 10 anos, a previsão é que surjam 30 novas profissões, de nível médio e superior. Estudo do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) mostra que as ocupações estão distribuídas em oito áreas, nos segmentos Automotivo; Alimentos e Bebidas; Máquinas e Ferramentas; Petróleo e gás; Têxtil e Vestuário; Química e Petroquímica; Tecnologias da Informação e Comunicação, e Construção Civil. Assista ao vídeo clicando aqui

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Maior desafio para o Brasil é apoiar empresas e capacitar para a Indústria 4.0

    Foto: reprodução

    O caminho para o Brasil alcançar a realidade da Indústria 4.0 ainda é longo. No entanto, as empresas que não começarem a se adequar em relação à transformação digital já em curso ficarão para trás e não sobreviverão. Essa é a avaliação da diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e superintendente Nacional do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Gianna Sagazio, que participou nesta terça-feira (7), em São Paulo, de um debate sobre Indústria 4.0 no Vototalks Festival, evento comemorativo dos 100 anos da Votorantim.

     

    Gianna apresentou resultados do Projeto Indústria 2027, realizado pela CNI e o IEL, com execução técnica das universidades Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), segundo o qual apenas 1,6% das empresas nacionais operam na fronteira da tecnologia. De acordo com os dados, daqui a 10 anos pouco mais de 20% das indústrias estarão no patamar da Indústria 4.0.

     

    Diante dos dados que mostram um cenário de atraso no país, Gianna destacou que o grande desafio será apoiar as empresas a inovarem e capacitar pessoas para a realidade da quarta revolução industrial. “Grandes empresas competitivas que valorizam a inovação têm estratégias que precisam ser replicadas. O desafio é disseminar essas boas práticas para pequenas e médias empresas para fomentar a nossa indústria”, pontuou.

     

    A superintendente do IEL acrescentou que, diferentemente de países que investem alto em inovação, o Brasil ainda tem uma cultura “que condena as pessoas pelos erros”. Segundo ela, inovar significa apostar e correr o risco de errar algumas vezes até acertar. “Os países que são mais desenvolvidos elegeram a inovação como estratégia de desenvolvimento. A inovação é um investimento de longo prazo e que envolve risco, mas os países que não apostarem nessa agenda não serão globalmente competitivos. Temos um setor empresarial avançado e ótimas escolas, mas precisamos acelerar essa agenda no país”, completou Gianna.

     

    CRIATIVIDADE – Para o diretor técnico global da Votorantim Cimentos, Álvaro Lorenz, é essencial que o processo de transformação digital priorize a qualificação de pessoal. “Todo o processo de transformação digital começa pelas pessoas. A capacitação de pessoal é fundamental nesse processo da quarta revolução industrial, que tem tudo a ver com a criatividade”, afirmou.

     

    Também participante do debate, moderado pelo jornalista da Revista Exame Jose Eduardo Costa, o coordenador de Inovação e Desenvolvimento de Mercado da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), Giuliano Fernandes, alertou que a tecnologia será uma ferramenta de transformação da indústria. Ele ponderou que essas mudanças só virão com “pessoas a frente dos processos”.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Acari receberá Encontro de Bandas e show SESI Big Band convida Waldonys

    Foto: reprodução

    Nesta sexta-feira, 10, acontece, em Acari, o II Encontro norte-rio-grandense SESI de Bandas Filarmônicas, promovido pelo SESI-RN/Sistema FIERN. O evento será realizado durante as festividades de Nossa Senhora da Guia. Além da 2ª edição desse importante encontro, haverá também show da SESI Big Band convida Waldonys. A programação é gratuita e livre para todas as idades.

     

    Tendo coordenadores como o maestro Eugènio Graça (SESI Big Band) e Bembem Dantas (Filarmônica de Cruzeta), o objetivo do Encontro é propagar e expandir a relevância das filarmônicas (orquestras independentes mantidas por entidades colaborativas ou privadas) para a formação do cenário musical do Rio Grande do Norte, além de fortalecer o valor histórico-cultural da existência dessas bandas pelo o interior do Estado.

     

    Na programação para o dia 10, estão previstas as seguintes bandas: Banda Filarmônica 24 de Outubro – Cruzeta; Filarmônica Onze de Dezembro – Carnaúba dos Dantas (maestro Márcio Dantas); Filarmônica Jimmy Brito – São José do Seridó (maestro Fernando Araújo); Filarmônica da Juventude de Florânia (maestro Damião Araújo); Banda Euterpe Jardinense – Jardim do Seridó (maestro Sanção) e Filarmônica Maestro Felinto Lúcio Dantas – Acari (maestro José Neto).

     

    Para o encerramento do II Encontro, a SESI Big Band, dirigida e regida pelo maestro Eugènio Graça, prepara show eletrizante com um repertório especial, passeando por várias nacionalidades e ritmos como o jazz, latin jazz, baião e chorinho ao lado do cantor e compositor nordestino, Waldonys. Será uma noite inesquecível!

     

    Sobre a SESI Big Band

     

    A SESI Big Band é uma orquestra de Jazz formada por instrutores e professores do projeto SESI ARTE do SESI-RN. É composta por saxofones, trombones, trompetes, tuba, contrabaixo, piano, guitarra, percussão e bateria. Formada em agosto 2013, já convidou para seus espetáculos, artistas nacionais e locais como Ed Motta, Ivan Lins, Yamandú Costa, Roberta Sá, Leonardo Amuedo, Claudio Infante, Baby Mendes, Lenine, Hamilton de Holanda, entre muitos outros.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    MAIS RN atualizará diagnóstico de potencialidades e vulnerabilidades do estado

    Foto: reprodução

    A edição atualizada do MAIS RN vai detalhar os pontos fortes e as potencialidades econômicas do Estado, além de suas debilidades e vulnerabilidades. Com lançamento marcado para o dia 16 de agosto, na Casa da Indústria, esta nova versão vai atualizar a descrição completa dos setores da economia potiguar que apresentam melhores condições de crescimento, assim como as áreas e serviços públicos nos quais são necessárias medidas para destravar o desenvolvimento.

     

    A nova versão será apresentada também aos candidatos ao governo do Estado, que, com isso, poderão utilizar as informações, diagnósticos e propostas que constam no estudo na elaboração dos programas de governo e nas discussões sobre a situação atual e os rumos que deverão ser assegurados ao RN.

     

    A primeira edição do MAIS RN foi lançada em julho de 2014 e já apontava os caminhos para o Rio Grande do Norte superar as dificuldades, projetando um processo contínuo de desenvolvimento até 2022. Agora, o projeto será atualizado, com a revisão das informações das projeções que foram feitas.

     

    A nova edição do estudo, feita pela Macroplan, está dividida em quatro eixos: o RN numa perspectiva comparada – com outros estados; Pontos fortes, potencialidades e melhorias recentes do RN; Debilidades, vulnerabilidades e estrangulamentos críticos; Propostas dos empresários para 2019/2022.

     

    O MAIS RN aponta a posição em que o Estado em relação a diversos indicadores como educação, segurança pública, infraestrutura, saúde, emprego, entre outros, no ranking dos estados brasileiros. Em que evoluiu e no que precisa avançar, com sugestões e propostas para gestão e investimentos.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Diretor da FIERN destaca aproximação entre universidades e empresas

    Foto: reprodução

    O diretor de Inovação do Sistema FIERN, Djalma Barbosa Júnior, destacou que uma aproximação cada vez mais acentuada entre as universidades e as empresas podem impulsionar o desenvolvimento e a competitividade no Estado. “Em conversa com a reitora da UFRN, Ângela Paiva, disse que os professores universitários também são grandes aliados para poder ajudar o empresário a inovar e desenvolver”, afirmou Djalma Barbosa, durante o 12º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte (Congesp).

     

    Coube a Djalma Barbosa apresentar uma palestra sobre “inovação na gestão pública”. O evento foi na Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales. Na ocasião, o diretor do Sistema FIERN destacou um panorama de desenvolvimento internacional e nacional com ênfase nos processos de inovação.

     

    O 12º Congresso de Gestão Pública foi uma iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos, em parceria com o Conselho Regional de Administração do RN, entre os dias 1 e 3 de agosto de 2018. O objetivo, destacaram os organizadores, foi estimular “o avanço da capacidade de formular, implementar e mensurar políticas e ações orientadas para resultado.

     

    O Congresso de Gestão Pública reuniu aproximadamente mil pessoas, entre gestores e servidores públicos de mais de 20 estados brasileiros, profissionais da Administração, docentes e estudantes. A superintendente regional do IEL-RN, Maria Angélica Teixeira, participou do evento. O Sistema FIERN, através do Instituto Euvaldo Lodi, é um dos apoiadores do evento. No final da palestra ocorreu um encontro entre a superintendente do IEL, o diretor da Escola de Governo do RN, Téo Tomaz e o diretor de inovação da FIERN (foto acima).

     

    O secretário da Administração e dos Recursos Humanos, Marco Antônio Medeiros, destacou a importância das discussões em torno da Gestão Pública, afirmando que esse debate “ajuda a contribuir para a proposição de ideias e diretrizes que darão suporte à construção de um Estado cada vez mais eficiente”.

     

    O presidente do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Norte, Júlio Rezende, disse que a administração “não se trata apenas de gerenciar ativos e recursos atuais, mas de ter uma visão e um pensamento acerca do futuro”.

     

    O diretor da Escola de Governo, Teo Tomaz, ressaltou a importância da capacitação para os servidores públicos do Estado. “O esforço na realização deste evento se justifica pela necessidade de aperfeiçoamento da Gestão Pública. Isto só se tornará realidade, de forma gradativa, por meio da capacitação dos gestores e servidores públicos”, disse.

     

    Fonte: FIERN 

     

    0Comentários

    São Gonçalo inicia campanha de vacinação contra a pólio e sarampo

    Foto: reprodução

    Começou nesta segunda-feira (6) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo em São Gonçalo do Amarante/RN. A meta do município é imunizar 95% das crianças na faixa etária de 1 ano a 4 anos e 11 meses. O dia D da vacinação será no dia 18 de agosto onde todas as Unidades Básicas de Saúde estarão aberta das 8 ás 17h. A campanha segue até o dia 31 deste mês.

     

    Neste ano, a campanha será feita de forma indiscriminada para manter coberturas homogêneas de vacinação. Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a VIP. Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP (gotinha). Em relação a sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

     

    O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que estão disponibilizadas no SUS.

     

    Fonte: Prefeitura de São Gonçalo do Amarante 

    0Comentários

    Sistema FIERN apoia o 12º Congresso de Gestão Pública do RN

    Foto: reprodução

    Teve início, nesta quarta-feira (1), o 12º Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte (Congesp-RN), iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos, em parceria com o Conselhos Federal e Regional de Administração do RN. O evento, que conta com o apoio do Sistema FIERN, através do IEL, é realizado na Escola de Governo e reúne aproximadamente mil pessoas, entre gestores e servidores públicos de mais de 20 estados brasileiros, profissionais da Administração, docentes e estudantes, para discutir o tema central “Gestão, Liderança e Inovação”. O diretor da FIERN, Heyder Dantas, representou o presidente da instituição, Amaro Sales de Araújo, na abertura do Congresso, que teve ainda a participação da superintendente do IEL-RN, Angélica Teixeira.

     

    Na solenidade de abertura, o secretário da Administração e dos Recursos Humanos, Marco Antônio Medeiros, destacou a importância das discussões em torno da Gestão Pública no Congesp, afirmando que elas ajudam a contribuir para a proposição de ideias e diretrizes que darão suporte a construção de um Estado cada vez mais eficiente. “Esse é o maior evento da área de Gestão Pública do nosso estado e um dos principais do país. Espero que as discussões sejam profícuas e muito instigantes. Aproveitem”, desejou.

     

    Em seu discurso, o presidente do Conselho Federal de Administração, Wagner Siqueira, reiterou a credibilidade do Congesp-RN no Brasil, elogiando o evento pelo seu comprometimento, há doze anos, desde sua primeira edição, com o debate sério e crítico em torno das questões públicas.

     

    Na fala do presidente do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Norte, Júlio Rezende disse que a administração não se trata apenas de gerenciar ativos e recursos atuais, mas de ter uma visão e um pensamento positivo acerca do futuro. “É esperançoso e animador vermos que podemos, e também através de debates apresentados no Congesp, contribuir para a maior sustentabilidade das organizações”, pontuou.

     

    O diretor da Escola de Governo, Teo Tomaz, frisou a importância da capacitação para os servidores públicos do Estado. “O esforço na realização deste evento se justifica pela necessidade de aperfeiçoamento da Gestão Pública. Isto só se tornará realidade, de forma gradativa, por meio da capacitação dos gestores e servidores públicos”. Ele também desejou que os congressistas aproveitassem não só o momento do Congesp, mas todas as capacitações ofertadas pela instituição ao longo do ano, no sentido de tornar os servidores cada vez mais preparados para exercer suas atividades administrativas com presteza e rendimento funcional.

     

    Na cerimônia de abertura do 12º Congesp, participaram ainda o controlador geral do RN, Alexandre Santos de Azevedo; o reitor da UERN, Pedro Fernandes; o vice-reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo; a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Flávia Lisboa; o promotor de Justiça, Oscar Hugo de Souza Ramos; o diretor da Fiern, Heyder Dantas e a conselheira federal de Administração pelo RN, Ione Salem.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    CTGAS-ER participa de mais uma iniciativa do Projeto RN Solar

    Foto: reprodução

    O Projeto RN Solar promoveu a palestra “Energia Solar Fotovoltaica e suas Oportunidades”, na última terça-feira (31), no auditório do Sebrae-RN. Com a participação do SENAI CTGAS-ER, o evento foi organizado pelo SEBRAE e CDL Jovem, com apoio do Banco do Nordeste e Sistema FIERN. Na ocasião, empresários foram atendidos pelo CTGAS-ER e pelo Banco do Nordeste para tirar dúvidas sobre aspectos técnicos e financiamento para instalação de Sistemas Fotovoltaicos.

     

    A presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) Jovens, Maria Luiza Fontes, fez a abertura doe evento e destacou a importância do Programa RN Solar, que incentiva os empresários a buscarem a utilização de energias renováveis.

     

    Os especialistas do CTGAS-ER, Samira de Azevedo Santos e André Luiz de Oliveira Lira apresentaram palestras sobre a geração de energia fotovoltaica e prestaram informações técnicas e realizaram simulações sobre a implantação de sistemas fotovoltaicos.

     

    Para a diretora Executiva do CTGAS-ER, Cândida Amália de Lima, esse evento direcionado ao setor do comércio e serviços é uma oportunidade para estimular o desenvolvimento da energia solar no Rio Grande do Norte, uma vez que abrange empresas interessadas na geração da própria energia e, também, potenciais prestadores de serviços ou fornecedores da cadeia de suprimentos dos sistemas de geração solar fotovoltaica.

     

    A gerente da Unidade de Desenvolvimento da Indústria do SEBRAE RN, Lorena Roosevelt, fez uma apresentação do Programa RN Solar para o público mobilizado pelo CDL.

     

    O Projeto RN Solar foi desenvolvido por iniciativa do SEBRAE e do Sistema FIERN, por intermédio da Comissão Temática de Energias Renováveis – COERE, em parceria com o Banco do Nordeste, COSERN e SENAI CTGAS-ER. Entre os principais objetivos, estão promover o crescimento e a capacidade instalada para geração distribuída de energia solar e fortalecer a cadeira produtiva do setor de energia solar fotovoltaica, além de estimular a criação e o desenvolvimento de empresas inovadoras, a partir de fontes renováveis. Os beneficiários diretos são os consumidores, as empresas prestadoras de serviços de montagem de instalação e engenharia e que desenvolvem equipamentos e componentes para o setor.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Unidades do SENAI-RN de Natal e Mossoró são recertificadas pela ISO 9001

    Foto: reprodução

    Três unidades do SENAI-RN foram recertificadas pela norma ISO 9001/2015. Os Centros de Educação e Tecnologia Clóvis Motta, em Natal, e o Ítalo Bologna, em Mossoró, e a Unidade de Educação e Tecnologia – UNIET passaram pela auditoria da empresa BVQI.

     

    A reunião de encerramento da revalidação aconteceu nesta segunda-feira (31), com a presença do diretor-regional do SENAI-RN, Emerson Batista; da gerente de educação e tecnologias, Simone Oliveira; do diretor do CET Clóvis Motta, Genildo Peixoto; da assessora de qualidade, Carla Godim; e do assessor do SENAI, Everton Benigno Lopes.

     

    Os responsáveis pela recomendação da recertificação foram os auditores Marcilio Conceição Silva e Ana Livia Costa. A ISO 9001 é uma norma de padronização de serviços e produtos voltada para gestão da qualidade.

     

    Fonte: FIERN 

    0Comentários

    Escolas de São Gonçalo do Amarante participam de concurso em alusão à Copa do Mundo 2018

    Foto: reprodução

    A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, buscando sempre o desenvolvimento das práticas esportivas e culturais, está promovendo o concurso “Copa do Mundo, o mundo na nossa escola”. Uma parceria entre as secretarias Municipais de Juventude, Esporte e Lazer (SEMJEL), Educação (SME) e Comunicação Social e Eventos (SECOM).

     

    O objetivo do concurso é integrar os aspectos históricos, econômicos, políticos, geográficos e culturais junto às disciplinas ministradas nas escolas. A ação irá premiar três escolas do município com troféus e kits esportivos, avaliando as instituições nos seguintes quesitos: trabalhos didáticos e decoração da escola com o tema Copa do Mundo, além de redação sobre o evento da FIFA. Há ainda as premiações por aluno, à exemplo das 10 melhores obras de arte (pintura em quadro) e os 10 melhores jogos didáticos.

     

    A avaliação será realizada por uma equipe da SEMJEL, que fará visitas agendadas às escolas participantes. O resultado será divulgado no dia 21 de junho e a escola vencedora vai ter direito à transmissão do jogo da seleção brasileira (22/06) através de um telão em sua sede.

     

    Fonte: SGA