• 0Comentários

    Maternidade Divino Amor retoma cirurgias eletivas

    Foto: Reprodução

    A Maternidade Divino Amor retomou as cirurgias eletivas ginecológica e geral (hérnias, vesículas, varizes e mama) desde o mês de janeiro desse ano. Apesar da retomada, a demanda reprimida é de 278 pacientes,o que deverá ser reduzida com a contratação de mais quatro cirurgiões. "A contratação se deu agora no mês de abril e esperamos em breve reduzir consideravelmente essa fila de espera", disse a diretora da Maternidade, Júlia Ferreira Lopes.

     

    De acordo com a diretora com as novas contratações de profissionais, as cirurgias poderão ser realizadas nos períodos da manhã e da tarde. Os pacientes que necessitam de cirurgias são encaminhadas pelo posto de saúde para consulta com o cirurgião na Maternidade, que solicita os exames necessários e marca o procedimento. "Essa é uma demanda que não para decrescer, mas nossa meta é atender a todos o mais rápido possível", justificou a diretora.

     

    Na Maternidade Divino Amor são realizadas 1.800 consultas por mês e a unidade conta em cada plantão com três obstetras, 2 pediatras e 2 anestesistas. Ao todo são cerca de 500 funcionários, entre servidores e contratados.

     

    A moradora de Passagem de Areia, Ana Ferreira da Silva, 74 anos, é paciente da Maternidade Divino e Amor. "Fiz histerectomia e graças a Deus correu tudo bem. A equipe que me atendeu está de parabéns", disse, comemorando o sucesso da cirurgia.As cirurgias eletivas são as cirurgias que não se tratam de emergência e que não envolvem risco iminente de morte.  

     

    Fonte: Prefeitura de Parnamirim 

    0Comentários

    Prefeita Rosalba Ciarlini é homenageada em sessão solene da Câmara Municipal

    Foto: SECOM Mossoró

    A prefeita Rosalba Ciarlini recebeu a medalha Celina Guimarães Viana em homenagem feita pela Câmara Municipal de Mossoró. A sessão solene ocorreu nesta quinta (23). Outras mulheres também foram agraciadas, incluindo a vice-prefeita Nayara Gadelha.

     

    A autoria da homenagem à prefeita foi da mesa diretora da Câmara Municipal. Em seu discurso, a prefeita Rosalba destacou os feitos da mulher reconhecida pelo pioneirismo no voto feminino. “É uma honra ser homenageada e representar a luta dessa brava mulher que foi Celina Guimarães Viana. Estamos aqui também mostrando a importância da representatividade feminina. Temos uma presidente da Câmara, vice-prefeita, são as mulheres ocupando espaços importantes na política”, destaca.

     

    A secretária de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos, Kátia Pinto, também foi uma das homenageadas e discursou em nome das demais.

     

    Em outro trecho do discurso, a prefeita Rosalba Ciarlini anunciou o início do processo de doação de terreno pelo Município para que a Câmara Municipal construa a sua sede própria. Atualmente, o legislativo mossoroense funciona em prédio alugado localizado no Centro. “Vemos cidades de menor porte que já possuem sede própria e Mossoró ainda não. Entendo que é importante e anunciamos o início do processo a partir da Secretaria de Infraestrutura”, enfatizou.

     

    De acordo com a secretária Kátia Pinto, o levantamento topográfico do terreno pré-selecionado já está em fase de finalização. A Câmara Municipal deve encaminhar informações sobre a necessidade estrutural do novo prédio, como capacidade de auditório, plenário, gabinetes, estacionamento e acessibilidade.

     

    Fonte: SECOM Mossoró 

    0Comentários

    Biblioteca SESI em São Gonçalo é a 2ª mais acessada do RN

    Foto: Reprodução

    A Biblioteca Pública Profª Josefa Maria Antunes Soares, localizada na Praça Eliane Barros, no conjunto Amarante, atingiu o 2º lugar estadual, no uso de serviços pela população são-gonçalense, no ano de 2016, de acordo com o levantamento realizado pelo SESI.

     

    Segundo dados, a Biblioteca teve um aumento significativo no número de atendimentos mensais no ano passado, com 752 acessos em Janeiro para mais de 2 (dois) mil no decorrer dos meses de maio a novembro. Os atendimentos compreendem: leitura na biblioteca, livros emprestados e acesso à informática.

     

    De acordo com o SESI, a Biblioteca obteve 16.345 acessos, em 2015. Já em 2016, houve um aumento de mais de 7 mil atendimentos, contabilizando o total de 23.918 registros, representados em 11.08% de uso de internet, 17.71% de empréstimos de livros e 71.20% de leituras no local.

     

    Apesar da acessibilidade a Internet, o que mais surpreende é o aumento gradativo e significativo no número de leitores no ambiente da biblioteca. Em 2015, esse número era representado por 13.299 pessoas, em 2016 chegou a 17.030 leitores. Esses dados representam o reflexo na mudança de hábitos da população são-gonçalense.

     

    A Biblioteca Pública Profª Josefa Maria Antunes Soares faz parte do programa “SESI Indústria do Conhecimento” – espaços multimídia instalados em municípios, que dispõem de materiais educativos e de circulação nacional, com laboratório de informática, espaço para leitura, entre outros. O objetivo é promover a inclusão digital e o acesso das comunidades à informação e ao conhecimento.

     

    A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante é a principal parceira deste programa, realizando a manutenção e o abastecimento do espaço através de compra de materiais e de disponibilização de pessoal. Além disso, promove incentivo à leitura por meio de premiações anuais para os frequentadores da biblioteca.


    Este é o ranking das Bibliotecas SESI mais acessadas no Rio Grande dor Norte, no ano de 2016:


    1) Natal – 33.888

    2) São Gonçalo do Amarante – 23.918

    3) Mossoró – 16.328

    4) Acari – 14.572

    5) Taipú – 10.671

    0Comentários

    Câmara aprova projeto que libera terceirização de atividades nas empresas

    Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Mesmo sob forte protesto da oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (22) o Projeto de Lei (PL) 4.302/1998, de autoria do Executivo, que libera a terceirização para todas as atividades das empresas. O projeto foi aprovado por 231 a favor, 188 contra e 8 abstenções. Ainda hoje serão votados alguns destaques. Após a votação dos destaques, o projeto, que já havia sido aprovado pelo Senado, seguirá para sanção presidencial.

     

    Desde o início da sessão, a oposição obstruía os trabalhos. A obstrução só foi retirada após acordo para que fosse feita a votação nominal do projeto e simbólica dos destaques. O acordo foi costurado entre o líder do governo, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e parte da oposição.

     

    Pelo projeto, as empresas poderão terceirizar também a chamada atividade-fim, aquela para a qual a empresa foi criada. A medida prevê que a contratação terceirizada possa ocorrer sem restrições, inclusive na administração pública.

     

    Atualmente a legislação veda a terceirização da atividade-fim e prevê a adoção da prática em serviços que se enquadem como atividade-meio, ou seja, aquelas funções que não estão diretamente ligadas ao objetivo principal da empresa.

     

    Fonte: Agência Brasil 

    0Comentários

    Projeto de Lei que cria 'Procon Legislativo' é aprovado na Câmara

    Foto: Elpídio Júnior

    Por unanimidade, a Câmara Municipal de Natal aprovou em sessão ordinária, nesta quarta-feira (22), um projeto de lei que cria o Procon Legislativo.

     

    A iniciativa tem o objetivo de trabalhar em conjunto com a Comissão de Defesa do Consumidor e auxiliar a população nas questões referentes às relações de consumo. Proposta pelo presidente da Casa, vereador Raniere Barbosa (PDT), a matéria foi acatada em segunda discussão.

     

    "Trata-se de um avanço importante para a comunidade, que chega para promover orientação jurídica e aproximar o cidadão do Procon. Será um serviço de utilidade pública à disposição da sociedade, através da Câmara Legislativa, pronto para ajudar as pessoas. Nosso papel é não apenas fiscalizar, mas também informar e educar fornecedores e consumidores", explicou o presidente Raniere Barbosa.

     

    Fonte: CMN 

     

    0Comentários

    ITEP vai contar com sistema de agendamento eletrônico para emissão de RG

    Foto: Reprodução

    O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) contará com um sistema de agendamento eletrônico para emissão de carteiras de identidade nas centrais do cidadão do Via Direta e da Zona Norte de Natal. O programa virtual, desenvolvido pela coordenadoria de Tecnologia da Informação (TI) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) irá contribuir para a redução de filas de espera para a confecção do documento.

     

    Esta ferramenta já está pronta e os servidores do ITEP já estão sendo treinados para utilizá-la. A expectativa da direção do Instituto de Identificação (II) é de que o software comece a ser utilizado neste agendamento eletrônico até o início do mês de maio.

     

    Responsável pelo setor de TI da Sesed, o major Emiliano Loiola revelou que o software desenvolvido para o ITEP é similar a alguns que já funcionam em outros estados do país. A princípio concebido para o agendamento eletrônico na emissão de RG´s, posteriormente o sistema também será utilizado para a confecção de atestados de antecedentes criminais. 

     

    Fonte: Governo do RN 

    0Comentários

    Em Mossoró, projeto Viva a Rio Branco agora conta com programação durante a semana

    Foto: SECOM Mossoró

    A programação do Viva a Rio Branco foi intensificada. Além das atividades aos domingos, os frequentadores do Corredor Cultural poderão participar de aulas e treinos no decorrer da semana.

     

    Nas segundas e quartas a programação conta com treino funcional no Memorial da Resistência. As atividades iniciam às 18h30 e seguem até às 19h30.

     

    Nas terças e quintas acontecem as aulas de Zumba e Ritmos na Praça dos Patins, das 18h às 19h. Logo depois acontece mais um treino funcional, de 19h às 20h na Praça de Eventos.

     

    No domingo, dia em que todo o trecho que compreende da Praça de Esportes ao Teatro Municipal é interditado para realização de atividades esportivas e de lazer, será realizado mais uma vez aula de Zumba e Ritmos, das 18h às 19h. A dança foi retomada a partir da iniciativa da nova administração, coordenada pela Diretoria de Esporte e Lazer, da Secretaria de Educação.

     

    Fonte: SECOM Mossoró 

    0Comentários

    Estudo mostra que 40% das crianças de 0 a 14 anos no Brasil vivem na pobreza

    Foto: Imagens TV Brasil

    Cerca de 17 milhões de crianças até 14 anos – o que equivale a 40,2% da população brasileira nessa faixa etária – vivem em domicílios de baixa renda. No Norte e no Nordestes, regiões que apresentam as piores situações, mais da metade das crianças [60,6% e 54%, respectivamente] vivem com renda domiciliar per capita mensal igual ou inferior a meio salário mínimo. Desse total, 5,8 milhões vivem em situação de extrema pobreza, caracterizada quando a renda per capita é inferior a 25% do salário mínimo.

    Os dados fazem parte do relatório Cenário da Infância e Adolescência no Brasil, documento que faz um panorama da situação infantil no país , divulgado pela Fundação Abrinq. O estudo foi feito utilizando dados de fontes públicas, entre elas o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Nesta quarta edição, a publicação reúne 23 indicadores sociais, divididos em temas como trabalho infantil, saneamento básico, mortalidade e educação. A publicação também apresenta uma série de propostas referentes às crianças e que estão em tramitação no Congresso Nacional.

    “Nesta edição, além de retratar a situação das crianças no Brasil, também apresentamos a Pauta Prioritária da Infância e Adolescência no Congresso Nacional. O conteúdo revela as principais proposições legislativas em trâmite no Senado e na Câmara dos Deputados, com os respectivos posicionamentos da Fundação Abrinq baseados na efetivação e proteção de direitos da criança e do adolescente no Brasil”, disse Heloisa Oliveira, administradora executiva da Fundação Abrinq.

    Fonte: Agência Brasil

    0Comentários

    Consumidor deve ficar atento ao aspecto da carne, dizem especialistas

    Foto: Tânia Rego / Agência Brasil

    O cuidado com a temperatura na conservação de alimentos frescos e perecíveis como a carne é a principal dica de especialistas para os consumidores após a deflagração da Operação Carne Fraca, pela Polícia Federal, na última sexta-feira (17).

    Doutor em Tecnologia de Alimentos, o professor da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp,(Universidade de Campinas), Sérgio Pflanzer, afirma que os conservantes utilizados pelas indústrias da carne, mencionados nos relatórios da Polícia Federal, são autorizados pelas autoridades sanitárias brasileiras e não são capazes de modificar a essência dos produtos.

    Apesar de sugerir recomendações aos consumidores sobre o aspecto dos alimentos, a Proteste - Associação de Consumidores - adotou uma posição mais rigorosa: orienta os cidadãos a não comprarem produtos das empresas envolvidas nas irregularidades. A operação da Polícia Federal bloqueou R$ 1 bilhão de empresas suspeitas de subornar fiscais para que carnes vencidas fossem reembaladas e liberadas para comercialização.

    Algumas das maiores empresas do ramo alimentício do país estão na mira das investigações, entre as quais a JBS, dona do Big Frango e Seara, e a BRF, detentora das marcas Sadia e Perdigão.

    “Foi falado em alguns momentos que a indústria maquiava a carne para comercializar. Essa é uma interpretação errada, no meu entendimento. Com as substâncias aprovadas, isso não é possível. Você não consegue utilizar [aditivos] para mascarar uma carne deteriorada. Visualmente, quando você adiciona algum produto, a carne fica pior do que estava antes”, explicou o professor Sérgio Pflanzer, mencionando conservantes como nitrito, fosfato e os ácidos sórbico e ascórbico [vitamina C]. “Nenhuma dessas substâncias aprovadas consegue mascarar uma carne fresca deteriorada”, afirma.

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), segundo o especialista, aprova a utilização dos produtos, a maioria com um limite máximo permitido. “Se eu usar em excesso, o produto vai ficar caro, porque os ingredientes são caros, e vão desenvolver características indesejáveis ao produto. Se eu colocar demais, por exemplo, o ácido ascórbico, que foi falado muito nos últimos dias, a percepção sensorial vai ficar comprometida. O consumidor estará seguro, ela não causa mal, mas ninguém vai conseguir consumir o produto, então a indústria não vai fazer isso”, argumenta.

    Já a temperatura, de acordo com Sérgio, precisa de um “controle rigoroso”, tanto na aquisição por frigoríficos como no armazenamento em supermercados e açougues. O professor alerta, contudo, para a importância dos fiscais agropecuários ao analisar as características de refrigeração e de validade da carne.

    Fonte: Agência Brasil 

    0Comentários

    Comunicados são distribuídos para alertar usuários sobre esgoto

    Foto: Divulgação/CAERN

    Os moradores do conjunto Vingt Rosado, em Mossoró, recebem desde a última quarta-feira, comunicados impressos sobre a necessidade de permitir o acesso da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) à rede de esgoto do tipo condominial instalada no interior das residências.

    O Ministério Público de Mossoró foi acionado, após corriqueiramente a Caern, ouvir negativa de usuários que não permitiam o acesso da equipe ao interior das residências para realização de manutenção, além de não permitir a quebra da calçada para encontrar as caixas de manutenção de esgoto cobertas por pisos.

    Na análise do chefe da Unidade de Manutenção de Esgoto de Mossoró, Francisco Bernardino, é que quando o usuário não está com obstrução, impede o acesso da Caern porque o problema é de outra pessoa. No sistema de esgoto condominial, como o sistema é interligado, o problema de uma casa está sendo provocado por outra residência. Por vezes, a obstrução pode ocorrer em um local, mas o transbordamento ser constatado em outra residência. A falta de entendimento neste sentido prejudica o sistema e os usuários que integram o mesmo.

    O Ministério Público recomendou que a Companhia distribuísse os comunicados alertando a população sobre a necessidade de acesso às residências para manutenção, podendo as pessoas que obstruírem o trabalho da Companhia, serem acionados de acordo com as medidas previstas na Lei 9.605/98, de Crimes Ambientais.

    Fonte: ACS CAERN